Desfiles Virtuais: Será esse o Novo Normal?

Desfiles Virtuais: Será esse o Novo Normal?

Os desfiles virtuais se tornaram os principais meios para as grandes e pequenas marcas lançarem suas coleções. Mas será que esse vai ser o novo normal para o mundo da moda?

O formato digital fashion Film marcou as passarelas do mundo todo, desde a imersão do primeiro desfile realizado a partir de realidade virtual. 

Apresentado em julho do ano passado, o evento The Fabric of Reality teve como parceiras o Museum of Other Realities, London College of Fashion e Ryot Studio. O objetivo principal deste desfile foi distribuir em salas as exposições das peças dos designers, juntamente com as histórias contadas de cada projeto. 

Sendo assim, diversas pessoas puderam acompanhar virtualmente o desfile em 3D e interagir enquanto o evento estava acontecendo.  

A partir deste evento, as grandes marcas e estilistas renomados vêm apostando nesse modelo de apresentação, a fim de continuarem com seus trabalhos em meio a pandemia e quem sabe inspirando o Novo Normal.

Melhores desfiles virtuais até agora

O mês de novembro no Brasil foi marcado pelos desfiles virtuais, entre eles estiveram o São Paulo Fashion Week (SPFW), Casa dos Criadores e o Eco Fashion Week com a tendência de moda sustentável no mundo fashion.

A primeira semana da moda imersiva do evento Brazil Immersive Fashion Week (BRIFW), foi marcada pela presença de peças tecnológicas, apostas em sustentabilidade, cultura vegana, coleções sem gênero e conteúdo democrático em suas apresentações.

Outros desfiles como Milano Digital Fashion Week 2020, Gucci, Chanel e Versace, também marcaram o ano de 2020 na moda internacional.

Neste ano de 2021, os desfiles virtuais ainda acontecem, como da Semana da Moda em Paris, com a presença de marcas famosas da alta-costura como Dior, Chanel e Louis Vuitton.

Portanto, para ficar por dentro dos eventos do mundo da moda nacional e internacional, seguir as marcas nas redes sociais é uma ótima alternativa para acompanhar os próximos desfiles online.

Pontos positivos dos desfiles virtuais

Com uma maior presença online de pessoas e empresas, o mundo se tornou em grande parte digital, influenciados pelas mudanças de comportamentos, os eventos de moda tiveram que se reinventar, substituindo as passarelas tradicionais por desfiles e demonstrações audiovisuais.

As plataformas digitais como de sites e redes sociais abriram espaço para essa tendência, que não possui prazo de validade para o retorno dos moldes tradicionais de desfiles fashion. 

Dessa forma, a disponibilização dos acessos aos maiores desfiles de moda, se tornou um dos pontos fortes desse formato, onde até um tempo atrás essa presença era restrita aos profissionais da área, pessoas famosas e grandes nomes do mundo fashion.

Hoje, é possível assistir em tempo real aos grandes desfiles de marcas renomadas, através dos celulares, tablets ou computadores. E isso, pode contribuir para a valorização das marcas e aquecimento do e-commerce, uma outra tendência para o novo normal.

Dessa forma, alguns especialistas acreditam que determinadas marcas e estilistas irão adotar esse modelo de apresentação de suas coleções, pois, a divulgação das peças atravessarão as fronteiras em meio à diversidade de pessoas.

Veja também nosso artigo sobre: Como a pandemia afeta as tendências da moda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *