Novembro Azul: Agora é a vez dos homens se conscientizarem

Novembro Azul: Agora é a vez dos homens se conscientizarem

O mês de novembro está terminando, e não poderíamos deixar de elucidar a importância de conscientizar todos os homens.

Assim como existe um mês inteirinho de conscientização à saúde da mulher, agora é a vez de chamar a atenção dos homens, acerca de prevenção e diagnóstico de doenças acometidas principalmente ao público masculino.

Segundo o Ministério da Saúde, 42 homens morrem por conta do câncer de próstata, onde aproximadamente 3 milhões pessoas do sexo masculino vivem com a doença.

No Brasil, mais de 68 mil casos foram diagnosticados e 15 mil mortes para cada ano de 2018 e 2019.

Quais os sintomas do Câncer de próstata?

O câncer de próstata tem sua evolução bem silenciosa, alguns homens nem percebem, porém quando notado, os sintomas são parecidos com o crescimento da próstata (forma benigna) que podem envolver sinais como:

  • Dificuldades ao urinar;
  • Necessidade de urinar várias vezes por dia ou até de noite.

Em sua fase mais avançada, os sintomas do câncer de próstata podem trazer:

  • Dores nos ossos;
  • Dor ao urinar ou diminuição no jato de urina;
  • Vontade frequente em urinar;
  • Urina ou sêmen com sangue.

Em casos mais graves, os sintomas podem desenvolver: 

  • Infecção generalizada;
  • Insuficiência renal.

Quais os fatores de risco do câncer de próstata?

Alguns fatores de risco podem contribuir para o diagnóstico, por isso, na consulta de rotina com seu médico informe o diagnóstico de câncer de próstata na família, seja de um pai, tio ou irmão.

Outro fator suscetível como a obesidade, pode contribuir para o desenvolvimento do câncer em homens.

Diagnóstico e Tratamento 

O diagnóstico de câncer de próstata é detectado por exames, que são encaminhados pelo médico a partir de um exame clínico dos sintomas do paciente.

Por isso a importância de fazer o exame de toque, onde 20% dos pacientes são diagnosticados pela presença de anormalidades na região da próstata.

E quando detectado, médico e paciente devem conversar sobre os tipos de tratamentos adequados, levando em consideração a localização e avanço do câncer.

A radioterapia, cirurgia e terapia hormonal podem ser opções de tratamentos, mas para isso, deve se conversar com um médico urologista.

Como prevenir o câncer de próstata?

Depois do câncer de pele (não-melanoma), este é outro tipo de câncer que mais mata homens com mais de 65 anos. 

A única forma de se prevenir é fazendo o exame de toque, principalmente para homens com mais de 45 anos.

Se detectado precocemente, os tratamentos podem contribuir para maiores chances de cura, com intervenções menos invasivas ou agressivas.

Atenção homens (principalmente acima de 45 anos): conversem com seu médico e faça o exame de toque, vamos juntos quebrar a barreira do preconceito que pode salvar sua vida.

Para saber mais sobre o assunto, acesse:  www.inca.gov.br 

A HI Etiquetas apoia essa campanha e orienta a todos os seus colaboradores a importância da detecção precoce do câncer de próstata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.